Publicidade

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014 homofobia | 14:27

Caso Kaique: Não foi suicídio!

Compartilhe: Twitter

Estranho o silêncio nas redes sociais depois de a mãe do jovem Kaique Augusto de Santos ter admitido a hipótese da polícia de suicido do seu filho como a única explicação da sua brutal morte. O silêncio parece uma confissão de culpa ou pedido de desculpas pelas manifestações realizadas, ecoando as efetivas (e envergonhadas) desculpas da mãe à polícia. Um absurdo!

É papel da sociedade civil ser vigilante, desconfiar, exigir explicações cabíveis, contestar! E, mesmo diante de evidências pouco evidentes (como o caso em questão) continuar a desconfiar! O ônus de provar o contrário é do Estado – sendo mais direto, do Governo de São Paulo. Entendo que é preciso divulgar as imagens que fundamentaram a tese da Polícia Civil.

ACOMPANHE O IGAY NO FACEBOOK 

As manifestações que ocorreram nas ruas e nas redes sociais são autêntica expressão do jogo democrático. E vale lembrar: o mote das inquietações não era a morte do Kaique (esta serviu, sim, de estopim), mas a velha insatisfação com a homofobia e o (pouco) tratamento institucional que é dado ao seu enfrentamento direto! A questão central permanece sendo o enfrentamento às manifestações de intolerância contra as diferenças sexuais. Assim, faz todo sentido que a gente continue atentos, vigilantes, desconfiados.

A dívida do Estado brasileiro (todos os entes federados) com a população LGBT é muito grande e, até que algo seja feito, só tende a crescer. Melhor mesmo é se manter permanentemente inquieto!

Até mesmo quando as evidências parecem apontar para a existência de incontestáveis fatos, sou bem sincero: ainda não estou convencido da tese do suicídio!

Enquanto a homofobia continuar a ceifar estima e dignidade da população LGBT, haverá sempre uma mão “invisível” a dar o impulso viaduto abaixo!

Leia mais sobre o assunto no iGay:
Mãe de Kaique Augusto volta atrás e diz que filho cometeu suicídio
Caso Kaique: “Ele sonhava ser cantor, melhorar de vida e ajudar a família”
Protesto pede justiça no caso do jovem gay encontrado morto em São Paulo

Autor: Tags: , ,

20 comentários | Comentar

  1. 70 Joao 12/05/2014 10:59

    Sei la , eu acho que esta mais para uma ação policial muito esquisito … como tudo nesse pais ninguém e punido e nada e esclarecido.

    Responder
  2. 69 safira bengell Atriz 30/01/2014 21:28

    Que bom que podemos ver Dimitre quando quisermos e ler as coisas inteligentes que ele tem para nos ensinar. abraceijos iluminados….

    Responder
  3. 68 Albérico 30/01/2014 16:23

    E só mais um idiota histérico que tenta a qualquer custo ressuscitar a velha e apodrecida bandeira da cristo fobia e da evangelicofobia do fedorento ativismo lgbt. Amigo crime é crime e tem que ser investigado e punido não importando a raça, cor, sexo ou opção sexual da vítima. Esses paquidermes de plantão adoram uma história qualquer de vítimas homossexuais para logo começarem o discurso imbecil da tal homofobia brasileira que mata trezentos e algumas bichinhas num universo mais de 55000 mortes anuais, algo perto de 0,005% das mortes violentas no Brasil, chega a ser ridículo as teses mirabolantes desses aparentes patetas, que de patetas não tem é nada, é só lembrar da GURU dessa turma, a tal da Martinha pega tudo, que enviou pros bolsos dessa quadrilha mais de 175 milhões do erário público, motivo pela qual foi condenada a pouco, que a gente começa a entender o berreiro e a disposição de luta desses companheiros e camaradas. Não sei porque mas parece que já vimos esse filme.

    Responder
  4. 67 luciele ramos 30/01/2014 12:56

    quem viu o rapaz sendo espancado,quem viu quebrar dentes e onde estava a barra barra de ferro nas pernas? questionar laudo da policia parece bom só na fala,discordar da policia para favorecer lobby do tipo quem não é por nos é contra nós e ridículo. homossexuais são mortos todos os dia e nem sempre homofobia esta no meio.alias quanto a essa rose que diz que cristão é, hipócrita e conivente com crime de ódio contra homossexual. de onde você tirou essa ideia? acho bom você rever seus conceitos antes de escrever asneiras.

    Responder
  5. 66 Sharyel 23/01/2014 23:10

    Engraçado ler esses comentários contrários a uma lei que criminalize especificamente crimes contra LGBTTs. Qual o problema de vocês? O que a criação de tal lei vai prejudicar na vida de vocês? Será que é por que por detrás desse discurso ridículo de que nós, homossexuais, somos egoístas, existe uma intenção em cometer qualquer ato discriminatório e criminal contra essa minoria? Ah fala sério!!! Em quase toda família existe um homossexual. Esses crimes cometidos por esse bando de filhos da puta sem alma, coração, bom senso, amor, ou qualquer coisa positiva, bateram na porta de nossos vizinhos, mas uma hora ou outra, eles podem atacar a nós, a nossa família. Enquanto a pimenta é nos olhos dos outros é só jogar uma aguinha que passa! Mas aí, quando a coisa muda de figura e o vidro inteiro da malagueta ataca nossos olhos, a coisa muda de figura.

    Responder
    • Rose 24/01/2014 11:38

      Faço minhas as suas palavras, Sharyel !

      Responder
      • Marcos 31/01/2014 13:00

        Que coragem a sua, coadunar com uma besteira dessa, rsss.

        Responder
  6. 65 Carlos Martinez 22/01/2014 20:00

    Não, o caso tem indícios sólidos de suicídio e houve um engano em incluir o caso dentro de uma luta que não lhe dizia respeito. Isso foi um erro. Foi precipitado. E isso não tem nada a ver com a pertinência de protestar ou não contra a homofobia. E ações mal calculadas só reforçam a idéia de que a histeria de uma situação dá a medida de como todo o resto é pensado. Eu espero que aprendam alguma coisa com essa situação. Errar também ensina, desde que o erro possa ser assumido.

    Responder
  7. 64 oswaldo carvalho 22/01/2014 19:09

    Pois É mãe pobre, negra,baixa renda e mãe de “KAiQue”, ou cala a boca ou enfrenta a Policia.

    Responder
  8. 63 Lucia 22/01/2014 18:19

    Qdo. vejo esses comentários ridiculos dos especialistas no assunto principalmente na area de segurança, me pergunto como eles não resolveram tudo quando estavam na ativa, principalmente os que gostam de aparecer na Globo.

    E segundo qdo. esse Sr. diz que tudo é democracia e que é a voz do povo que esta sendo ouvida e deve ser atendida e respeitada, volto a biblía quando Pilatos se propos a libertar Jesus e a voz sábia do povo pediu para libertar Barabas.

    Graças a essa democracia, do povo que não sabe exerce-la pois não tem conhecimento politico e nem intensão em aprender que vivemos o que estamos vivendo hoje, principalmente a uma mídia tendenciosa que esta acabando com a estrutura da sociedade que é a familia.

    Responder
  9. 62 Luiz 22/01/2014 18:17

    Qdo. vejo esses comentários ridiculos dos especialistas no assunto principalmente na area de segurança, me pergunto como eles não resolveram tudo quando estavam na ativa, principalmente os que gostam de aparecer na Globo.

    E segundo qdo. esse Sr. diz que tudo é democracia e que é a voz do povo que esta sendo ouvida e deve ser atendida e respeitada, volto a biblía quando Pilatos se propos a libertar Jesus e a voz sábia do povo pediu para libertar Barabas.

    Graças a essa democracia, do povo que não sabe exerce-la pois não tem conhecimento politico e nem intensão em aprender que vivemos o que estamos vivendo hoje, principalmente a uma mídia tendenciosa que esta acabando com a estrutura da sociedade que é a familia.

    Responder
  10. 61 Graça 22/01/2014 18:16

    Lei da Homofobia????
    E o que é homofobia para você?
    Nos parece que não há critérios ou limites para acusar alguém de homofóbico.
    Se um rapaz hétero sofre uma decepção amorosa e resolve tirar a própria vida, é suicídio.
    Se o mesmo ocorre com um rapaz homossexual, é suicídio motivado por homofobia e os religiosos são os assassinos?!?!
    Que critérios são estes? Vocês estão completamente fora da realidade.
    O dia em que botarem os pés nos chão, começarem a usar a lógica e deixar de distorcer a realidade conseguirão aprovar esta lei que tanto almejam.

    Responder
    • Rose 23/01/2014 15:19

      O dia que vc se despir de tanto preconceito, que embota a sua mente, vai perceber que um suicido de um hetero, não pode ser comparado a de um LGBTT, justamente pq um hetero não sofre preconceito, um LGBTT, sim. Assim no caso de um LGBTT, a grande maioria dos casos de suicídio se dá pela pressão dessa sociedade hipócrita e opressora.

      Os critérios para se acusar alguem de ser homofóbico, é o mesmo de acusar alguém de ser racista, intolerante religioso, etc. Aliás, esse critério de intolerância religiosa está porcamente sendo distorcido pelos crentelhos aqui do Brasil. Sim, pq o homofóbico Marco Feliciano pode pregar contra LGBTTs, contra a igreja catolica, e contra a religão de matriz africana, mas diz que não é intolerante e que estaria exercendo apenas seu “direito de expressão.” Mas o próprio pastor está processando o Porta dos fundos, pq diz que seus videos são intolerantes com a religião evangelica. Ai eu te pergunto ? Que palhaçada é essa ocorrendo no Brasil ? Alguns religiosos estão se achando intocáveis e os LGBTTs não podem protestar contra a homofobia, que é cristalina como agua neste Pais, pq estamos fora da realidade .Ora, minha senhora , vai se informar melhor, vai, e pense antes de postar tanta besteira, por favor.

      Sobre o caso em si, as investigações não terminaram. O que importa são os laudos técnicos que ainda não estão prontos. E eu achei muito estranha essa historia da policia praticamente já querer enterrar o caso, como suicídio, se ainda faltam elementos probantes.
      E a mãe sendo chamada pra dar uma coletiva de imprensa no escritório do advogado pedindo desculpas para a policia, foi demais. Mas pior mesmo foi o advogado pedir desculpas para o os skinheads, um grupo conhecido por perseguir agredir, LGBTTS, negros, nordestinos..

      Realmente há algo de muito podre nesta Republica das Bananas, hipócrita e homofóbica.

      Responder
      • Takarracha 23/01/2014 16:14

        Pois no dia em que vocês deixarem de frescuras e se apresentarem como seres humanos, vão obter mais vitórias e aliados do que imaginam, pois essa forma de se apresentar como caricatos, sempre sendo vítimas de homofobia, causa repulsa a quem não é homofóbico e é todo tempo chamado de homofóbico.

        Seu discurso cai no vazio quando diz que o suicídio de um homossexual é pior do que um heterossexual. E penso que você acredita mesmo nisso, pois o que piora para a causa GBLT é que sendo suicídio, vocês deixam de contar com um cadáver. Mas no fundo, para s famílias e pessoas que acreditam em Deus, não faz a menor diferença, pois o que se lamenta é a perda brutal de uma vida humana, e o sofrimento que isso trás para a família e entes queridos, pouco importando a orientação sexual.

        Continue nessa sua cruzada, que vocês ira\ão permanecer à margem de qualquer discussão decente e que possa avançar, pois vocês culpam a e taxam a todos, indiscriminadamente de homofóbicos, irritando e afastando de um eventual apoio, os que não agem de forma homofóbica, e que são apoiadores da causa, mas que se irritam e se frustram por serem acusados pelo que não fazem.

        Responder
        • Rose 23/01/2014 22:14

          Eu usei a palavra é “pior.” no meu texto ? Não ! Incrível a capacidade que alguns de vcs tem de distorcerem falas. Isso é alguma deficiência de capacidade de interpretação, ou é proposital mesmo ?
          Eu disse que a motivação para um LGBTT cometer suicídio é, em sua maioria, a homofobia; enquanto um hetero jamais o cometerá por esse motivo, pq tem a aceitação da sociedade, por ser quem é. O suicídio, em si, claro, é um ato extremado e triste em qq circunstância, mas tem, sim, uma dose extra de perplexidade quando a pessoa o comete pq a sociedade o odeia por ser quem ela é ! Entendeu ?

          E engraçado vc dizer que as pessoas que “acreditam em Deus” lamentam o suicídio. A coisa que eu mais vi, essa semana, foram “cristãos” torcendo para que o rapaz tivesse se suicidado e não sido assassinado; justamente para que Kaique não entrasse na estatística (aterrorizante) da homofobia. E nas redes sociais chegaram a comemorar o fato da mãe do rapaz ter aceito a versão da policia.
          Por causa disso,, essa semana senti um pouco mais de nojo (se é que é possível) destes “cristãos: falsos, hipócritas, coniventes sorridentes com os crimes de ódio homofóbico. Lamentável !

          E no meu caso, a única coisa que eu quero é que esse episódio triste seja investigado até não restar uma vírgula de dúvida sobre a causa da morte. Mas, até agora, isso não aconteceu. Pelo contrario, está tudo nebuloso, estranhamente nebuloso, convenientemente nebuloso. E para nós, da militância, este tipo de situação é um dejà-vu,

          E eu lhe digo que são VOCÊS a ficarem à margem de qualquer discussão séria, pois não conseguem, ou não querem, enxergar que a homofobia é o maior tumor social deste Pais (maior, sim, pq, até agora, não criaram o remédio para, ao menos, amenizá-lo, que seria justamente a lei que criminalizaria essa doença). O racismo e o machismo são outros dois tumores sociais, mas estes podem ser evitados, controlados e rechaçados com os remédios legais em vigor.
          A realidade, é que os homofóbicos querem a todo custo, (mesmo que para isso tenham que mentir, omitir, distorcer falas e fatos), impedir o avanço dos direitos humanos LGBTTs, neste Pais. E usam o mais CANALHA e SUJO dos ardis: tentam colocar o oprimido no lugar do opressor. Invertem a realidade, dizendo que, justamente aqueles que são discriminados, perseguidos pela família, pela religião, no trabalho, nas ruas, seriam os algozes, enquanto os homofóbicos, que usufruem de TODOS os direitos fundamentais, seriam as vitimas. kkkkkkk. Ora, façam-me o favor !

          E tenho a absoluta certeza de estar realmente na cruzada certa, lutando por igualdade de direitos, me contrapondo, com muito orgulho, a essa canalha homofóbica que se sente superior aos LGBTTs só pq amam e transam com alguém do sexo oposto. Ridículos !

          E não, não taCHamos (assim mesmo, com CH e não com X, ok ?) todas as pessoas de homofóbicas. Felizmente, existe vida inteligente neste Pais e que está lutando bravamente ao nosso lado. Nós só damos nomes aos bois, quem é homofóbico será chamado de homofóbico, ué !? Simples assim. rsrs.
          E é exatamente isso que vcs não aguentam, né? Graças a esse ativismo aguerrido, que dá nomes aos bois e que não se cala diante da discriminação, é que estamos ganhando visibilidade e respeito da sociedade (pelo menos das pessoas sérias e com senso de justiça apurado). Se dependesse dos homofóbicos, a comunidade LGBTT ainda viveria em guetos, acuados. Mas isso jamais voltará a acontecer e, repito, graças, justamente a militância, que não deixará de lutar até que os direitos de nossa Comunidade sejam, enfim, equiparados aos demais cidadãos deste Pais. Conformem-se com isso.

          E, por fim, meu caro, (ou minha cara), quero dizer que, apesar do obscurantismo vigente neste Pais, em razão dos reaças saídos da catacumbas da Idade Média nestes últimos anos (muitos deles infestando o Congresso, diga-se), acredito piamente que as coisas estão mudando e continuarão mudando nesta questão de direitos humanos LGBTTs. E arrisco dizer que, daqui a poucos anos, postagens como a sua e de outros, daqui neste fórum, serão vistos com incredulidade e com deboche pela nova geração, e com vergonha pelas gerações anteriores.

          Responder
          • Alfredo 17/02/2014 23:16

            Parabéns Rose.!!! Simples, direta e inteligente.

          • MANO BRISTA 31/01/2014 14:48

            O praticante de homossexualismo é infeliz já por natureza, com raríssimas exceções porque estão permanentemente apaixonados por seu igual, ora um , ora outro e vivem sua vida 24 horas pensando na hora de trocar carícias com o parceiro ou pretenso parceiro que adora mas o cara não lhe dá a mínima atenção. Então é infelicidade prá lá e infelicidade prá cá. São , a maioria, inconformados com tudo porque vivem uma vida de ilusão , utopias e delírios (drogas à parte) não prestando atenção à realidade da vida para a qual cada um nasceu.
            Parem de atribuir à imensa maioria de seres viventes normais, a causa dessa infelicidade e não raro o suicídio, como esse confessado pela própria mãe do infeliz.

  11. 60 Brasileiro 22/01/2014 18:08

    Luis (55) faço minhas suas palavras.

    Parabéns !!

    Dimitri, vai dormir.

    Responder
  12. 59 ROSANA 22/01/2014 17:28

    Concordo com vc. Francisco !!! Têm algo de mto. podre e ameaçador calando as bocas…

    Responder
  13. 58 marcelo 22/01/2014 17:19

    mesmo quando tudo aponta para uma direção, eu quero seguir em outra….

    tem que ser homofobia para acalmar as almas daqueles que erguem a bandeira LGBT??

    as vezes eu digo as vezes as coisas são mais simples mesmo, se é que podemos classificar um suicídio de algo simples, mas no contexto que se apresenta, pode ser entendido como tal.

    o maior erro do movimento LGBT é querer impor sua visão da vida aos demais, isso não se chama democracia, essa conduta é a mesma do Sr. Feliciano…parece que estão aprendendo bem com esse cretino…

    Responder
  14. 57 angela 22/01/2014 16:53

    Depois dessa palhaçada em torno do suicídio do rapaz, vocês deveriam simplesmente pedir desculpas à polícia de São Paulo, duramente atacada por cumprir seu dever, que ficaria mais digno.

    Responder
    • Rose 22/01/2014 18:24

      Pedir desculpas porque, mina filha? É direito de qq cidadão questionar a atuação da policia, (que é paga com os nossos impostos), principalmente num caso como esse, com sérios indícios de ter sido um homicídio. Palhaçada foi o que vc disse e seria mais digno pra vc, se pensasse antes de digitar tanta besteira, ok?

      Responder
  15. 56 E.Silva 22/01/2014 16:02

    Existem pessoas que partem sempre do princípio da má fé até prova em contrário, e também aquelas que partem sempre do princípio da boa fé até prova em contrário.
    Creio que a segunda opção evita o juízo temerário.

    Responder
  16. 55 Luis 22/01/2014 15:57

    Dimitri, olha só a sua própria frase:
    “Até mesmo quando as evidências parecem apontar para a existência de incontestáveis fatos, sou bem sincero: ainda não estou convencido da tese do suicídio!”
    Bom, vou repetir o que você escreveu: “existência de incontestáveis fatos.”
    Ou você produz textos confusos, ou você está sendo incoerente nas suas colocações.

    Responder
    • Raphael 22/01/2014 18:20

      Ou vc é burro mesmo… ta escrito PARECEM… algo pode parecer mas não realmente ser.

      Responder
  17. 54 João Malaquias 22/01/2014 15:57

    Meio oportunista esse comentário….acredito que a Polícia de uma maneira geral tem erros e acertos, geralmente quando erra a imprensa de uma maneira geral é muito crítica, porém dos acertos são raros os elogios; nesse caso as todas as evidências levam para o suicídio e com relação a divulgarem a imagem será mesmo necessário ? será que a famlia autorizou a imagem ? se há tanta disconfiança assim dos Orgãos Públicos, no caso a Secretaria de Segurança Pública, a coisa está realmente feia !! Acredito que não é por aí…

    Responder
  18. 53 Carlos 22/01/2014 15:26

    Você é da comunidade LGBT, foi totalmente parcial. Lei contra a homofobia??? Por que não Lei contra a INTOLERÂNCIA?? Assim as pessoas que queimam e espancam Mendigos e Nordestinos seriam enquadrados nessa Lei.

    Responder
    • Rose 22/01/2014 18:29

      Não gosta de leis especificas para proteger grupos, meu senhor ? Então peça a revogação da lei contra o racismo (que protege, inclusive, os religiosos), Quem não concorda com uma lei que criminalize condutas homofóbicas, é pq quer discriminar LGBTTs impunemente. Simples assim.

      Responder
    • ricardo araujo da silva 22/01/2014 18:14

      Carlos, seu comentário foi perfeito. O que acontece é que a maioria dos brasileiros só se importam com seus proprios problemas. Egoismo até a alma.

      Responder
  19. 52 ronaldo 22/01/2014 15:22

    Não deu certo o linchamento da polícia. Erraram feio. É do jogo democrático lutar por nossos direitos. Linchamento não! O silêncio das redes é a vergonha por ter sido manipulado.

    Responder
  20. 51 FRANCISCO 22/01/2014 15:20

    ESSA MÃE TÁ AMEAÇADA OU RECEBEU UM CALA A BOCA?

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios